Últimas
Você está aqui: Capa | Notícias | Futebol | Após empate, Dorival mantém otimismo: “Ainda acredito no Fluminense”

Após empate, Dorival mantém otimismo: “Ainda acredito no Fluminense”

dorival-junior-fluminense

O Fluminense ainda depende dos resultados deste domingo para saber o que será preciso para a partida contra o Bahia, na última rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Dorival Junior ainda acredita na permanência do Fluminense na série A, mesmo com o empate diante do Atlético-MG.

- Sempre penso positivamente, nunca negativamente. Ainda que neste momento, com a rodada não acontecendo, é natural que fiquemos na defensiva, imaginando o que pode acontecer. Mas ainda acredito no Fluminense, temos totais condições e vamos depender, se Deus quiser, das próprias forças. Vamos trabalhar muito durante a semana. Com esse espírito apresentado, coisa boa vai acontecer.

Confira abaixo a íntegra da entrevista de Dorival Júnior (Compilação do Globo Esporte):

O jogo

- A equipe vinha fazendo uma grande partida. Tivemos uma possibilidade real de ampliarmos no contra-ataque, mas em uma saída de bola tivemos um erro e, contra uma equipe qualificada como o Atlético, sofremos o empate. É difícil, mas tenho que enaltecer o espírito da equipe. Jogamos contra um time que teve o mesmo espírito com o qual ganhou a Libertadores. Por isso, ficou muito complicado. Infelizmente, a necessidade era grande, mas o Fluminense fez um grande jogo e talvez tenha merecido um resultado melhor. É natural que fiquemos desapontados, mas estamos vivos ainda e vamos brigar até a última rodada. Se Deus quiser, com um pouco mais de sucesso do que nessas duas últimas partidas.

Semana decisiva

- Sempre penso positivamente, nunca negativamente. Ainda que neste momento, com a rodada não acontecendo, é natural que fiquemos na defensiva, imaginando o que pode acontece. Mas ainda acredito no Fluminense, mas temos totais condições e vamos depender, se Deus quiser, das próprias forças. Vamos trabalhar muito durante a semana, mas com esse espírito apresentado coisa boa vai acontecer.

Relaxamento após 2 a 1?

- Fizemos o gol e perdemos o Wagner, é natural que chamamos o Atlético para cima. Mas não foi um time com volume que nos pusesse em risco. Tivemos também uma oportunidade clara de definir o jogo e, infelizmente, pecamos no passe final. Mas tivemos uma estratégia que todas as equipes usam, nos recolhemos. O ser humano é assim, quer defender. No segundo gol, tínhamos a bola dominada, adiantamos, perdemos, e a retomada do Atlético-MG pegou o Alecsandro muito bem posicionado. São detalhes que pesam favorável ou negativamente, e aconteceu de maneira negativa.

Combinação de resultados nos jogos de domingo

- É difícil de falar alguma coisa. O Atlético-MG não tinha ambição e jogou como jogou, como decisão, como se buscasse algo na competição. É muito relativo. Vamos deixar que a rodada aconteça. Confiança, sempre temos que ter. Se eu sucumbir, não serei apto de nada. Com esse espírito, não tenho dúvidas que o Fluminense não será rebaixado. <b>

Pressão da torcida

- O verdadeiro torcedor não vai virar as costas neste momento. Não vai pressionar, querer brigar, porque jogará contra a equipe. Caso faça isso, não são verdadeiros torcedores. Precisamos deste respaldo que tivemos e respondemos em campo. Enfrentamos uma equipe campeã da Libertadores e jogamos de igual para igual. Lutamos, brigamos, e tivemos dificuldades porque o Atlético fez um grande jogo. A grande maioria vai abraçar a equipe, incentivar, e sabe a dificuldade que o Fluminense passou ao longo da temporada. A maioria não vai deixar meia-dúzia atrapalhar. Não vamos sair do Rio. Vamos trabalhar na nossa casa e contar com o carinho do torcedor. Teremos a mesma entrega. <b>

Fator psicológico

- Para quem viu a equipe hoje, a postura que teve, foi completamente diferente do domingo anterior. Para nós, que estamos no futebol há um bom tempo, é até difícil explicar o que aconteceu na rodada anterior. Nem os jogadores conseguiram explicar. Desta vez, fomos um time vibrante, guerreiro. Emocionalmente é natural ficar um pouco abalado pelo que almejávamos não ter acontece, mas não podemos abaixar a cabeça. Vamos reequilibrar a equipe e chegar fortes no domingo.

Cansaço

- É um esgotamento natural que acontece. O jogador está correndo contra o tempo, por resultados, e para recuperar uma atuação muito abaixo na rodada anterior. Quando buscarmos forças não encontramos por estarmos defendendo a duras penas um resultado almejado. Em determinado momento, existe esgotamento e isso interfere no desempenho da equipe. São seres humanos propensos a erros e acertos como todos nós. <b>Suspensão de Digão </b>Ainda não fiz uma avaliação real. Tenho algumas possibilidades. Tenho o garoto que está voltando (Ronan). Vamos pensar com calma. O Anderson é uma opção. Vamos pensar durante a semana para encontrar a melhor solução.

Entrada de Marcelinho na partida

- Tomamos o gol de que maneira? Uma bola alçada. Minha preocupação com o Alecsandro era essa situação. Se coloco um zagueiro e tomamos um gol, ia ter outra avaliação, que seria negativa. Se boto um volante, ia ter chamado a equipe adversária para cima. Sabia que a jogada aérea era a solução para o Atlético porque a nossa equipe estava bem postada. Coloquei o Marcelinho para seguir brigando na frente e ter um homem de cabeceio no sistema defensivo. São situações que você tem que fazer a melhor opção no momento. Estávamos vencendo e pensei no que o Atlético-MG faz com maestria: bola aérea.

Valencia e Wagner preocupam?

- Valencia provavelmente está fora. O Wágner preocupa. Perdi o Valencia no começo, imaginávamos que ele ia fazer o que fez contra o Corinthians. Infelizmente, sentiu uma lesão e a alteração no início complica para qualquer treinador.

Sobre Rodrigo Barros

Rodrigo Barros
Profissional de Marketing Digital, SEO e Mídias Sociais, gosta de poesia, música e filmes, é pai da Heloísa e claro, torcedor do Fluminense.

Um comentário

  1. É onde estava o Marcelinho quando o Alecsandro cabeçeou tendo o Igor Julião a marca-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


3 + 5 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top