Últimas
Você está aqui: Capa | Notícias | Destaques | Fluminense vence o Bahia, mas não evita o rebaixamento para a Série B

Fluminense vence o Bahia, mas não evita o rebaixamento para a Série B

wagner-rebaixado-fluminense-2013

Não adiantou o esforço da equipe para virar a partida na Fonte Nova, com a vitória do Coritiba sobre o São Paulo, o Fluminense é a primeira equipe campeã brasileira em um ano a ser rebaixada a série B no ano seguinte, mais uma mancha na gloriosa história do Tricolor devido à incapacidade dos que são responsáveis pela gestão do futebol.

O Fluminense lutou em campo, viu o Vasco sofrer o primeiro gol logo no início da partida e sonhou em ficar na série A. Mas o desespero começou a ficar evidente quando o Coritiba abriu o placar contra o São Paulo. Aos 22min, Williand Barbio abriu o placar para o Bahia, e o Tricolor precisava agora virar a partida e ainda torcer por uma improvável combinação de resultados. Se não fosse a grande atuação de Cavalieri, o primeiro tempo terminaria com uma goleada do time Soteropolitano.

Na segunda etapa o Fluminense tentou a todo custo virar o placar, logo no início Rafael Sóbis tocou para Wagner que empatou o jogo. A equipe seguiu lutando pelo gol quando a partida terminou em Itú, com a vitória do Coritiba. Aos 37min, Samuel conseguiu a virada, mas o gol de nada adiantou, o Fluminense estava rebaixado para a Série B.

BAHIA 1 X 2 FLUMINENSE

Local: Itaipava Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data/Hora: 8/12/2013, às 17h

Árbitro: Leandro Vuaden (Fifa-RS)

Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Rafael da Silva Alves (RS)

Cartões amarelos: Talisca (BAH); Igor Julião (FLU)

Gol: William Barbio 41′/2ºT (1-0); Wágner, 10′/2ºT (1-1); Samuel, (37′/2ºT)

Renda/Público: R$ 732.290,00 / 40.249 pagantes

BAHIA: Marcelo Lomba, Fabrício Lusa, Titi (Feijão, 44′/1ºT), Demerson e Raul; Fahel, Rafael Miranda, Talisca e Marquinhos Gabriel (Diones, 13′/2ºT); William Barbio (Wangler, 24′/2ºT) e Fernandão. Técnico: Cristóvão Borges.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Leandro Euzébio e Igor Julião (Samuel, intervalo); Edinho, Jean, Wágner e Kenedy (Robert, 20′/2ºT); Biro Biro (Rafinha, 34′/2ºT) e Rafael Sobis. Técnico: Dorival Júnior.

Sobre Rodrigo Barros

Rodrigo Barros
Profissional de Marketing Digital, SEO e Mídias Sociais, gosta de poesia, música e filmes, é pai da Heloísa e claro, torcedor do Fluminense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


9 + 2 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top