Últimas
Você está aqui: Capa | Notícias | Futebol | Celso Barros afirma que clubes não podem depender de patrocínios únicos

Celso Barros afirma que clubes não podem depender de patrocínios únicos

Carnaval-Abel-Braga-Celso-Barros

A parceria entre o Fluminense e a Unimed segue firme desde 1999, mas o presidente da empresa, mantém o discurso de que os clubes Brasileiros não podem depender exclusivamente de de um patrocinador como principal fonte de recursos.

- O Fluminense tem avançado na sua gestão, com o presidente Peter Siemsen, as gestões do sócio-torcedor. Os clubes têm que criar condições de viver com o patrocínio não como algo fundamental, mas sim adicional às receitas de televisão, de venda de jogadores, de marketing e de bilheteria dos estádios. Esta hoje me parece abandonada. Não posso dizer até quando o Fluminense vai ter o patrocínio da Unimed, mas espero que possa estar preparado no futuro. Não é fácil andar com as próprias pernas – disse Barros durante o primeiro dia de desfiles das escolas de samba do Grupo Especial, na Marquês de Sapucaí.

Sobre Rodrigo Barros

Rodrigo Barros
Profissional de Marketing Digital, SEO e Mídias Sociais, gosta de poesia, música e filmes, é pai da Heloísa e claro, torcedor do Fluminense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


9 − = 0

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top