Últimas
Você está aqui: Capa | Notícias | Com gol de Fred, Flu estreia com vitória na Libertadores sobre o Caracas

Com gol de Fred, Flu estreia com vitória na Libertadores sobre o Caracas

Com gol de Fred, Flu estreia com vitória na Libertadores

Com um placar magro, em um campo nada favorável, o Fluminense estreou com vitória na Copa Libertadores após derrotar o Caracas, por 1 a 0, na Venezuela. O gol único da partida foi marcado pelo atacante Fred.

As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira. O líder Flu, com três pontos, recebe o Grêmio, às 22h, no Engenhão.

O JOGO:

O time tricolor começou o primeiro tempo buscando jogadas de contra-ataque. O técnico Abel Braga usou a formação 4-5-1 para tentar povoar o meio campo e facilitar a ligação com o ataque que, consequentemente, tinha Fred como único homem de área.

O gramado, muito castigado, não ajudava na troca rápida de passes e ambos os times erraram muito, mas mesmo com tal dificuldade o Flu não mudou suas características de jogo e acabou sendo premiado com um belo gol do atacante Fred em bela movimentação.  Após um chute de Rafael Sobis, a bola sobrou perfeita para o capitão tricolor. O artilheiro sequer precisou dominar a bola para colocar a bola no canto com categoria e abrir o placar.

O time venezuelano tentou se impor, mas o bom meio campista Otéro, destaque do Caracas, parecia não conseguir dar conta de fazer o time jogar, assustou em poucos momentos e em jogadas individuas do também meio campista Guerra.

O primeiro tempo de jogo terminou com pressão tricolor e com algumas jogadas em contra-ataque do time venezuelano que parecia ter trocado de papel com o visitante. O Fluminense chegou a marca de 58% de posse de bola e tomou a iniciativa, conseguindo ditar o seu ritmo de jogo.

Na etapa final do jogo, o time venezuelano voltou com mais vontade, tentando agora impor seu ritmo de jogo e já obrigando o goleirão tricolor, Diego Cavallieri, a fazer uma linda defesa logo no reinicio da partida.

 O tricolor carioca buscava, enfim, as saídas no contra-ataque já que estava na frente no placar. O atacante Fred não estava tão isolado e voltava para ajudar na criação de algumas jogadas.

O Caracas tentou  apostava na qualidade de Otéro que esbarrava na forte marcação tricolor, o baixinho venezuelano não recebia folga e se via em tarefa complicada para criar as jogadas.

O time tricolor abusou da calma para conseguir fazer a bola rolar, a péssima condição do gramado fez com que o índice de recuo de bola fosse alto e o time carioca não jogava com a mesma velocidade na qual está acostumado.

O jogo seguiu morno na maioria do tempo, com o Fluminense administrando a vantagem e o Caracas mostrando muita dificuldade para buscar o gol de empate. Aos 30 minutos, Abel Braga trocou Rafael Sobis, que não conseguia manter o ritmo da primeira etapa, por Marcos Junior.

O Caracas chegou na área tricolor, com perigo, aos 31 minutos em chute de Otero que Diego Cavalieri defendeu sem muita dificuldade. Nos minutos finais, Abel colocou Valencia no lugar de Wagner para segurar o resultado. Aos 43 minutos, Diego Cavalieri segurou uma bola devolvida pelo colombiano e o árbitro marcou tiro indireto, dentro da área. Otero foi para a batida e acabou desperdiçando a melhor oportunidade do Caracas de chegar ao gol tricolor.

O Fluminense não fez uma partida brilhante.  O time dirigido por Abel Braga jogou o suficiente para conseguir o resultado positivo, diante de um adversário limitado que pouco ameaçou o gol defendido por Diego Cavalieri.

Confira as fotos da partida em nossa página do Facebook.

FICHA TÉCNICA
CARACAS (VEN) 0 X 1 FLUMINENSE

Local: Estádio Olímpico, em Caracas
Data/Hora: 13/02/2013, às 22h (de Brasília)
Árbitro: José Hernando Buitrago (COL)
Auxiliares: Wilson Berrio (COL) e Rafael Rivas (COL)
Renda/Público: Não divulgados
Cartão amarelo: Fred, Edinho (Fluminense)
Cartão vermelho: Não houve

GOLS: Fred, aos 31′/1ºT (0-1)

CARACAS: Baroja; Carabalí, Edwin Peraza, Sánchez e Amaral; Jiménez, Guerra (Peña 34′/2T), Meza (Gonzalez, 30′/2ºT) e Otero; Cure e Febles (Cabezas, 19′/2ºT) - Técnico: Ceferino Bencomo.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Leandro Euzébio, Anderson e Carlinhos; Edinho, Jean e Wágner (Valencia, 39′/2ºT); Rafael Sobis (Marcos Jr., 30′/2ºT) , Wellington Nem (Rhayner, 46′/2ºT) e Fred - Técnico: Abel Braga.

Sobre Amanda Freitas

Amanda Freitas
Sou filha, amiga, mulher, tricolor, jornalista e sambista. O meu mundo se resume em duas palavra: Deus e Fluminense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


3 − 2 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top