Últimas
Você está aqui: Capa | Notícias | Futebol | Proibido na Libertadores, rádio de Abel pode ser vetado também no Campeonato Brasileiro

Proibido na Libertadores, rádio de Abel pode ser vetado também no Campeonato Brasileiro

proibição-uso-rádio-abel-braga

 

Na última quarta-feira, na vitória por 1 a 0 do Fluminense sobre o Caracas na Venezuela, pela estreia da Libertadores, uma cena chamou a atenção de todos no segundo tempo. O árbitro José Buitrago, pediu que Abel Braga parasse de utilizar o rádio de comunicação, equipamento bastante utilizado pelo treinador em vários jogos, para comunicação com seu auxiliar Leomir. Apesar da surpresa de Abel com o pedido do árbitro, é uma regra da Fifa aplicada apenas em torneios organizados pela entidade, porém, está começando a ser adotada também pela Conmebol, e até a CBF deve seguir este procedimento. No Carioca, no entanto, Abel faz uso de seu rádio frequentemente.

Após a partida, o coordenador administrativo do clube, Marcelo Penha, conversou com Buitrago que confirmou ser uma medida que a entidade sul-americana está se adequando. Incomodado, Abel diz que até respeita a decisão da confederação, e alfineta, pedindo medidas rígidas com os gramados também, em referência ao péssimo estado do gramado do Estádio Olímpico.

- Pela primeira vez na minha carreira fui privado de conversar com meu auxiliar pelo rádio. Essa é minha quinta Libertadores. Não entendi também por que foram tirá-lo só no segundo tempo. Foi uma medida da Conmebol? Se sim, tudo bem. Mas e o problema do campo? O que a Conmebol vai fazer a respeito? – indagou Abel

De acordo com Aristeu Tavares, presidente da Comissão Nacional de Arbitragem (Conaf), na próxima semana haverá uma reunião com os árbitros, para definir as normas que serão estabelecidas na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro, entre elas, a comunicação eletrônica na área técnica. De acordo com o presidente, as medidas ainda não haviam sido tomadas, pois como a comissão assumiu durante os campeonatos, causaria alguns transtornos e não poderia mudar o que já havia sido acordado.

- Vamos nos reunir e definir. Tudo será resolvido e acordado antes da Copa do Brasil e servirá para todas as competições nacionais. Quando assumimos, não foram feitas grandes mudanças pois isso daria uma confusão tremenda. Agora é o início efetivo de uma nova etapa, e esse processo será discutido – afirmou Aristeu.

De acordo com o dirigente, após as medidas serem adotadas pela CBF, as mesmas serão passadas para as federações estaduais, mas, segundo Jorge Rabello, presidente da Comissão de Arbitragem do Rio de Janeiro, as normas da Fifa não são muito claras, e não sabe quando haverá mudanças para o Campeonato Carioca.

- Ainda não sei se isso vai mudar neste ou no próximo ano. A regra da Fifa não é clara, e a CBF não nos passou nada. Se houver uma orientação, vamos cumpri-la, como sempre. Mas, pelo que vejo nos torneios da Fifa, esta decisão é cumprida – disse Rabello.

Sobre Bruno Calhau

Bruno Calhau
Tricolor, Carioca, Tijucano, Cabofriense, Ator, Publicitário e às vezes Jornalista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


5 − 2 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top