Últimas
Você está aqui: Capa | Notícias | Futebol | Gum aponta sequência de motivos para má campanha no Brasileiro

Gum aponta sequência de motivos para má campanha no Brasileiro

voleio do gum

Em entrevista ao programa Arena Sportv desta segunda-feira, o zagueiro bicampeão brasileiro lembrou de fatos como a perda da Libertadores, a demissão de Abel, a saída de jogadores importantes, contusões entre outras razões que fizeram, em sua opinião, o time atual campeão brasileiro perder o rumo em 2013:

- Não é um ponto só, são vários fatores. Lembro muito bem que o Fluminense começou o campeonato com a equipe reserva, mas vencemos. Aí tivemos dois jogos-chave, contra Coritiba e Botafogo. Se a gente tivesse vencido, estaria em segundo lugar no Brasileiro. Perdemos esses jogos. Depois voltamos, não conseguimos resultados, perdemos a Libertadores, pressão em cima do Abel, do elenco, sequência de derrotas, venda de alguns jogadores, como Thiago Neves e Wellington Nem, aposentadoria do Deco, aí machuca Fred e Jean, perdemos o Abel, chega o Vanderlei, novo projeto, novo trabalho… E a equipe não se encontra. – Analisou o camisa 3, herói da vitória contra o São Paulo no domingo.

O defensor acredita que o elenco do Fluminense merecia estar numa colocação melhor, e lembrou também que, por conta das seguidas contusões, alguns jogadores da base tiveram que subir para compor o time em um momento difícil e de pressão, o que atrapalhou a evolução deles próprios e do time. No entanto, ele acredita que, após as duas últimas vitórias, a equipe voltou a ter confiança para conseguir os resultados que precisa para sair da situação em que está:

- O Fluminense, realmente, tem time para brigar por uma colocação melhor. Era o atual campeão, mas chegou à situação onde nos encontramos mal na tabela. Não merecia estar nessa posição. Não merecia estar em primeiro, mas também não em uma situação tão ruim. E, para quem está ali embaixo na tabela, a pressão é maior, a cobrança é maior. Com tantos jogadores machucados, tivemos que subir jogadores da base que têm qualidade, mas que não estavam preparados para entrar em um momento difícil. Houve muitas lesões, e o time defensivamente estava vulnerável. Agora temos uma estabilidade na equipe, que está mais competitiva e forte para atacar o adversário. – Finalizou.

Com 42 pontos, o Fluminense ocupa hoje a 15ª colocação na tabela, com apenas um ponto a mais que o Coritiba, o primeiro time da Zona de Rebaixamento. O próximo confronto decisivo do time de Dorival Jr. será contra o Santos, em Presidente Prudente. O jogo seguinte será contra o Atlético-MG em casa, e o último contra o Bahia, em Salvador.

Sobre Renan Castro

Renan Castro
Jornalista, carioca, gosto de música, praia, futebol e outros clichês. Na minha vida, as únicas certezas absolutas são a morte e o amor ao Fluminense

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


3 − 3 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top