Últimas
Você está aqui: Capa | Entrevistas | Entrevista com Robert Gonçalves, o craque de Xerém

Entrevista com Robert Gonçalves, o craque de Xerém

O Portal Pó-de-Arroz entrevistou o camisa 10 da Seleção sub-15 e do Fluminense, sub-15 e sub-17. Robert é considerado uma das maiores promessas de Xerém e tem tudo para ser um dos maiores jogadores já saídos de nossas divisões de base. Ainda sem contrato profissional por conta da idade, o jogador tem um acordo verbal com o Fluminense e sofre constante aliciamento de outros clubes.

Confira abaixo a nossa entrevista:

1 – Como você encara o constante aliciamento de outros clubes aos jogadores das divisões de base? Você vem sendo assediado por Santos, São Paulo e Corinthians. O que te faz permanecer no Fluminense?

Eu acho o aliciamento normal, quando o jogador se destaca no profissional ele tem o mesmo tipo de assédio e não é diferente na base, o Fluminense é o inicio da minha história. Somando isso , plano de carreira e o bem estar de permanecer no clube, ser bem tratado.

2 – Pra você e outros da base que são novos, existe um acompanhamento psicológico pra quando for subir pros profissionais e tiver mente equilibrada pra lidar com dinheiro, fama, sucesso e não deixar subir a cabeça?

O acompanhamento sempre existiu desde que entrei no Fluminense, em várias áreas, tanto psicológico, fisiológico, técnico etc… Enfim, o suporte necessário para quando chegarmos ao profissional estarmos bem preparados.

3 – Muitos dos meninos de base não chegam o profissional, é complicado mesmo? Já pensou alguma vez em desistir? Se sim, porque não fez? O que te deu força para continuar?

Para muitos acredito que seja complicado, pelo fato de estar longe da família e abdicar muito cedo de muitos prazeres da idade de um adolescente, mas, para mim e normal pois meus pais me acompanham em tudo que eu faço, sendo que tudo com limites . Aí dá para conciliar tudo, nunca pensei em desistir, pois gosto muito do que faço, graças a Deus.

4 – Hoje é o Barcelona é considerado o melhor clube do Mundo, por meio de sua “La Masia” como é conhecida a divisão de base, já saíram Messi, Xavi, Puyol, Fàbregas, Iniesta, e o próprio técnico, o Guardiola. A atual diretoria do Fluminense procura visar bastante à base. Como você vê o investimento dado pela diretoria tricolor nos últimos anos? Acredita que em pouco temos podemos ter um padrão de qualidade muito satisfatório?

Bom, como eu comecei muito novo eu posso te falar de dois anos pra cá. Quando se é criança não se liga muito nesses detalhes só quer jogar futebol, mas acho que eles vem fazendo um bom trabalho. Acredito, basta ver os resultados da base e o atual da copinha.

5 – Quando o futebol entrou na sua vida como torcedor? Foi treinando que você começou a acompanhar os jogos e o time?

Não, sempre gostei e meu pai era muito chato com futebol, sendo assim tomei gosto.

6 – Quando e como o futebol passou a fazer parte do seu dia-a-dia e futuramente profissão? Como foi peneira, empresário, os dois?

Desde sempre, bem antes de eu nascer já chutava na barriga da minha mãe (risos). Foi um olheiro do Fluminense, o Marcos Aurélio, que me viu lá na escolhinha onde comecei (Escolinha Adriano).

7 – Ainda como sub-15 você já é a “menina dos olhos” da equipe de base do Fluminense, todos tem muita expectativa sobre você, já concedeu coletiva e teve muitas manchetes nos jornais. O mesmo no passado aconteceu com o Toró, que assim que se tornou profissional, foi pro maior rival, virou volante e sumiu para o Futebol. Como você e sua família lidam com essa questão? O que fazer pra superexposição não atrapalhar? Muitos meninos da base da Seleção Brasileira mesmo brilhando não têm chances na Seleção principal quando se tornam profissionais. Hoje você é camisa 10 na sua categoria, ainda é um sonho para os jogadores defender a seleção principal?

Eu e minha família somos muito tranqüilos para isso, temos muito o pé no chão. Ate porque mesmo que o clube pense que eu seja a “menina dos olhos”, já vi e ouvi muitas historias de jogadores com este mesmo glamour que ficaram pelo caminho, e não é isso que eu quero para mim. Como já disse quero ser ídolo no Fluminense. (Robert fala agora da Seleção Brasileira) Com certeza, qual jogador não quer defender a camisa do seu País? Isso foi e sempre será um sonho.

8 – Fizemos uma pergunta citando o Barcelona e sabemos que o Neymar é sua inspiração. O jogador, hoje no Santos, prefere primeiro fazer história no Brasil pra só depois ir pra Europa. E você? Sonha em jogar na Europa ou sonha em ser campeão com o Fluminense?

Os dois, mas no momento, quero fazer história no Brasil ! Eu só tenho 15 anos (risos), tenho muito tempo pra pensar.

9 – Ainda sem um primeiro contrato com o Fluminense, você não tem empresário, mas tem um acerto informal com a Traffic, como funciona isso? A empresa de marketing esportivo será responsável pelos seus contratos com os clubes?

Bom, a Traffic hoje me acompanha em tudo, me dá um suporte muito bom. Quando os interesses casam e as partes se dão bem não tem porque mudar, a tendência é essa, continuar com a Traffic.

10 – Assistimos alguns gols seus pela seleção, e vimos alguns lances seus no Youtube e gostamos do que vimos. Como você se define? Quais são suas melhores características como jogador?

Eu sou forte, habilidoso, parto pra cima e procuro fazer jogadas para ajudar o time.

11 – Assim como acontece com o Neymar, a sua família está sempre junto de você, principalmente o seu pai, qual a importância da família nesse início de carreira de um jogador?

A minha família está comigo desde sempre me apoiando em tudo, tenho que agradecer aos meus pais e principalmente a Deus.

Nós do Portal Pó-de-Arroz agradecemos a sua entrevista e desejamos uma longa e vitoriosa carreira no Fluminense.

Agradeço ao portal Pó-de-Arroz e espero que essa seja a primeira de muitas entrevistas e para a torcida tricolor, a mais bonita do Mundo, eu espero dar alegrias e muitos títulos. Um abraço.

Sobre PDA Digital

PDA Digital
Agência especializada em desenvolvimento web, SEO, Links patrocinados e Marketing Digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


− 7 = 0

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top