Últimas
Você está aqui: Capa | Notícias | Futebol | Campeões de 70, 84 e 2010 projetam reta final do Flu

Campeões de 70, 84 e 2010 projetam reta final do Flu

Campeões de 70, 84 e 2010 projetam reta final do Flu

Restando apenas cinco rodadas para o final do Campeonato Brasileiro, o Fluminense precisa de atenção redobrada para vencer o campeonato pela quarta vez. Responsáveis pelos títulos anteriores, ex-jogadores projetam como será a reta final rumo ao tetra.

1970

O volante Denílson falou sobre a equipe atual, que para ele é muito parecida com a equipe de 70:

- Às vezes acho que história parece que está se repetindo. O meu time tinha o Félix, que era um grande goleiro, e o hoje tem o Diego Cavalieri, que já devia ter ido para a Seleção. Também tinha Marco Antônio, Mickey, Samarone e hoje tem o Fred, que faz gol de tudo que é jeito, e o Wellington Nem, que vai para cima e assusta a defesa. – Disse.

1984

Autor do gol do título em 1984, Romerito pede concentração a equipe nos momentos decisivos para não perder o título:

- O que falta para o time é concentração. É preciso se concentrar muito, principalmente nos minutos finais. Acho que o time fica um pouco disperso no fim. Isso aconteceu contra Figueirense, Grêmio e Coritiba. É muito sofrimento para a torcida. – Reclamou Dom Romero.

O atacante Washington, que formava o Casal 20 com Assis, diz estar muito feliz com a atual equipe:

- Estou muito feliz com este time do Fluminense e esta alegria toda que eles estão me proporcionando. Quero aproveitar para mandar um abraço a todos os jogadores e, àqueles que se dizem tricolores, saudações.

Washington aproveitou para elogiar o atacante Fred e o goleiro Diego Cavalieri:

- Gosto do Fred por tudo. Por ser artilheiro, matador e um grande atleta. É um líder. Cavalieri está no mesmo nível que o goleiro do Atlético-MG (Victor), o do Botafogo (Jefferson) e o do Cruzeiro (Fábio). São os melhores do Brasil. – Encerrou.

2010

Remanescente da equipe campeã de 2010 o zagueiro Gum diz que o Fluminense precisa pensar jogo a jogo e que nada está decido apesar da vantagem na tabela:

- Temos que trabalhar bem e sempre dar alegria para o torcedor. Aconteceu de vencermos bem alguns jogos com um placar mais elástico e outra vez as condições do jogo não permitiram. O mais importante de tudo que o Fluminense tem um grupo que se dedica ao máximo e é uma equipe que está jogando com o coração para buscar o título a cada jogo. – Encerrou.

Sobre Rodrigo Barros

Rodrigo Barros
Profissional de Marketing Digital, SEO e Mídias Sociais, gosta de poesia, música e filmes, é pai da Heloísa e claro, torcedor do Fluminense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


+ 8 = 12

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top