Últimas notícias
Você está aqui: Capa » Notícias » Basquete » Facundo Sucatzky se espelha na equipe de futebol para alcançar o NBB com o Flu

Facundo Sucatzky se espelha na equipe de futebol para alcançar o NBB com o Flu

Facundo Sucatzky

Maior destaque da equipe de Basquete do Fluminense, o argentino Facundo Sucatzky é a grande esperança para levar o clube das Laranjeiras à disputa do principal torneio do país, o NBB. A caminhada do Tricolor começa hoje às 19h (de Brasília), no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro, diante do time Sub-22 do Minas Clube, pela Copa Sudeste. Sucatzky afirma, que a maior inspiração do time é justamente a equipe de futebol, e mira trilhar no basquete o mesmo sucesso e os títulos que a equipe dos gramados possui.

- O Fluminense, pela história, por tudo que tem, é pelo futebol. O nosso time, eu, temos que nos inspirar mesmo e correr atrás das coisas para ter sucesso similar – afirmou.

Ao visitar a sala de troféus do clube, o argentino revela alguns craques dos gramados que passaram pelo clube e que ele tem admiração, citando inclusive seu compatriota Conca, ídolo da torcida tricolor.

- Fred, Deco, Conca, Thiago Neves. Renato Gaúcho, o vi na praia a poucos – revelou.

O armador de 40 anos, tem uma história vitoriosa no basquete. Defendeu o Minas Tênis Clube entre 2006 e 2011, onde alcançou um recorde neste período, no qual deu 666 assistências. Além disso, Facundo já disputou cinco nacionais e inclusive já vestiu a camisa tricolor quando em 2007, Minas e Fluminense fecharam uma parceria. Facundo espera usar sua experiência para orientar os mais jovens do time, e dá até umas dicas para que o time alcance o sucesso.

- Da minha parte, gosto do trabalho de armador do time, posso ajudar os mais moleques a aprender, entender o que é jogar basquete. Não é só correr, não é só chutar, passa por ser profissional, trabalhar, descansar, fazer as coisas conscientes, certas para que quando você entre em quadra, chegue muito melhor – disse.

Desde 2002 sem disputar um campeonato pela elite do Basquete brasileiro, a nova equipe será comandada por Márcio Andrade, que já treinou o Fluminense e foi campeão estadual quatro vezes com o time carioca, e foi vice-campeão sul-americano a frente do Ajax-GO.

O trajeto do time para chegar a elite não será fácil. Para alcançar uma vaga no NBB, o Fluminense precisa disputar três torneios e depender de resultados em todas estas competições.  Na Copa Sudeste, além de Fluminense e o Sub-22 do Minas, os times participantes são Macaé, Ginástico, Rio Claro e XV de Piracicaba. Os três primeiros disputam a Supercopa Brasil, junto com mais duas equipes da Região Sul, uma do Norte, uma do Nordeste e outra do Centro-Oeste. Campeão e Vice disputam um quadrangular com os dois últimos colocados no NBB da atual temporada. Os dois primeiros garantem vaga no torneio do próximo ano.

 

 

Fluminense rende recorde de audiência do ano à Rede Globo, no Rio de Janeiro

Sobre Bruno Calhau

Bruno Calhau
Tricolor, Carioca, Tijucano, Cabofriense, Ator, Publicitário e às vezes Jornalista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


+ nove = 14

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top