Últimas notícias
Você está aqui: Capa » Notícias » Basquete » Basquete adulto do Flu voltará as quadras em 2013

Basquete adulto do Flu voltará as quadras em 2013

Basquete adulto do Flu voltará as quadras em 2013

Depois de ficar longe por quase 10 anos das quadras, quando participou pela última vez do extinto Campeonato Nacional, organizado pela Confederação Brasileira de Basquete (CBB), em 2003, o Fluminense confirmou o retorno do time adulto às competições da bola laranja na próxima temporada.

Sem um patrocinador capaz de montar uma equipe para brigar por títulos, a diretoria tricolor o projeto finalmente saiu do papel graças à garantia da Garra Marketing – agência de marketing esportivo – de captar recursos para as disputas da Copa Sudeste e da Supercopa Brasil, competições classificatórias para a 6ª edição do NBB (2013/2014).

O projeto terá duração de quatro anos e meio e tem como principal objetivo levar o clube de volta à elite do basquete brasileiro. Para chegar até lá, no entanto, o Fluminense terá que passar por uma verdadeira maratona. O primeiro passo é ficar entre os três primeiros colocados da Copa Sudeste, que obrigatoriamente deverá ser realizada entre os dias 17 de fevereiro e 30 de abril. Depois, o clube precisa se classificar entre os dois primeiros da Supercopa Brasil, entre 1º e 15 de maio, para, garantir o direito de disputar um quadrangular contra os dois últimos classificados da 5ª edição do NBB. Os dois melhores garantem vaga na temporada 2013/2014.

Sobre investimento, a ideia é captar um investimento superior a R$ 250 mil, quantia aproximadamente gasta por Palmeiras e Mogi das Cruzes na temporada passada para as disputas da Copa Sudeste da Supercopa Brasil. Com a vaga para o NBB assegurada, Luiz Bodanese, presidente da Garra Marketing, afirma que a intenção é montar uma equipe com um orçamento semelhante ao do Flamengo, que tem um custo na atual temporada de cerca de R$ 5 milhões.

- Nossa função é garantir a captação de patrocínios, o licenciamento de produtos e o marketing do projeto, que será tocado pelo nosso diretor Daniel Camargo. O Fluminense não gastará um tostão e será responsável apenas pela parte técnica e administrativa. Posso assegurar que o Fluminense não vai voltar às quadras apenas para participar. Nossa intenção é captar recursos que garantam ao clube disputar títulos em todas as competiçõesde  que participar – afirmou Luiz Bodanese.

O vice-presidente de esportes olímpicos Zeca Oliveira comemorou o retorno do basquete tricolor às quadras.

- É um projeto que começou há um certo tempo e que demorou para ser finalizado. Felizmente deu tudo certo e nosso principal objetivo agora é levar o Fluminense de volta à elite do basquete brasileiro, da qual ele sempre fez parte – afirmou  Zeca Oliveira.

Em 2007, o Flu até ensaiou um retorno às quadras quando disputou o Campeonato Carioca daquele ano com o time do Minas Tênis Clube, que contava com o armador argentino Facundo Sucatzky e os alas Wanderson e Soró, entre outros. Apesar da terceira colocação, a parceria não foi à frente, e o Fluminense ficou fora do Campeonato Nacional.

Fluminense rende recorde de audiência do ano à Rede Globo, no Rio de Janeiro

Sobre Amanda Freitas

Amanda Freitas
Sou filha, amiga, mulher, tricolor, jornalista e sambista. O meu mundo se resume em duas palavra: Deus e Fluminense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


− 2 = cinco

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top