Últimas notícias
Você está aqui: Capa » Notícias » Tricolores do nado sincronizado vencem pelo Brasil no Sul-Americano de base

Tricolores do nado sincronizado vencem pelo Brasil no Sul-Americano de base

Tricolores no nado sincronizado vencem pelo Brasil no Sul-Americano de base

Depois de conquistar duas medalhas de ouro na prova por equipes, o nado sincronizado do Brasil seguiu brilhando no Sul-Americano de base de esportes aquáticos, disputado na cidade de Valparaíso, no Chile. Neste último sábado, o dueto júnior do Brasil formado pelas tricolores Luisa Borges e Duda Miccuci sagrou-se campeão.

No juvenil, a dupla Maria Clara Lobo e Juliana Damico, sendo a segunda atleta do Flu, também ficou com o título. A seleção brasileira ficou em primeiro no quadro de medalhas, seguida pela Venezuela e Colômbia.

Sob o comando das técnicas do Fluminense Glaucia Soutinho e Twila Cremona, Luisa Borges e Duda Miccuci se apresentaram com o tema “O Artista”, filme que conquistou o Oscar de 2012, e totalizaram 144,610 pontos (38,170 de mérito técnico e 37,970 de impressão artística). Já Maria Claro Lobo e Juliana Damico fizeram 141,219 pontos (35,610 de mérito técnico e 36,670 de impressão artística) com a apresentação intitulada “Guerreiras medievais”.

– Escolhemos “O Artista” porque gostei da trilha e gostamos de coisas alegres. E foi em comum acordo com técnicas e atletas, mas confesso que ainda não vi o filme – disse a atleta de 16 anos, Luisa Borges.

Já a companheiro Maria Eduarda comentou sobre as notas, que para ela foram justas, assim como o crescimento das equipes:

– Acho que as notas foram justas, a pontuação era para ser esta mesma. E notei um crescimento da natação sincronizada da América do Sul, principalmente Venezuela e Chile. O que é ótimo para nós, pois nos ajuda a crescer – contou Maria Eduarda, 17 anos.

Dueto – Final

Juvenil: 1º Brasil – Maria Clara Lobo Coutinho e Juliana Damico (reserva Ayellen Rossi) – 141,219, 2º Venezuela – 127,631, 3º Chile – 126,911, 4º Colômbia – 124,411, 5º Argentina – 120,287 e 6º Peru – 119,070.

Junior: 1º Brasil – Luisa Borges e Maria Eduarda Micucci (reserva Beatriz Regly) – 144,610, 2º Venezuela – 142,187, 3º Colômbia – 136,727, 4º Chile – 131,178, 5º Argentina – 131,130, 6º Uruguai – 126,557 e 7º Peru – 123,692.

Fluminense rende recorde de audiência do ano à Rede Globo, no Rio de Janeiro

Sobre Amanda Freitas

Amanda Freitas
Sou filha, amiga, mulher, tricolor, jornalista e sambista. O meu mundo se resume em duas palavra: Deus e Fluminense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


8 × um =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top